Gestão & Produção
https://gestaoeproducao.com/article/doi/10.1590/1806-9649.2020v28e4885
Gestão & Produção
Artigos Original

Analysis of environmental risks and accidents at work in urban solid waste collection services

Análise dos riscos ambientais e de acidentes de trabalho em serviços de coleta de resíduos sólidos urbanos

Caroline Cipolatto Ferrão; Jorge André Ribas Moraes

Downloads: 0
Views: 116

Abstract

abstract: The heterogeneity and the volume of solid urban waste generated daily cause difficulties in their management, which causes environmental impacts, health and public safety problems. Among all waste management activities, collection is one of the most relevant from an occupational point of view because employees are subject to physical, chemical, biological, ergonomic risks as well as suffering accident. This article aims to instruct companies to apply multidisciplinary management tools that conciliate and serve as a basis for decision making related to environmental and occupational safety management. Therefore, the Ad Hoc Environmental Impact Assessment techniques and the RMT Risk Management Tool were used to identify the environmental impacts generated and the risks to which employees in the urban solid waste collection sector are exposed. It happened through the collection of operational, environmental information and work safety data, in 2017, of companies operating in 7 (seven) municipalities in the state of Rio Grande do Sul. The Ad Hoc report showed that the environmental aspects of surface water, groundwater, soil, odor and air pollution, generate negative and irreversible environmental impacts. Furthermore, the analysis of accidents at work, the identification of the major agents that cause accidents at work and the nature of injuries, showed their high frequency and severity. In total 60 accidents were recorded and all occurred with garbage collectors. Among these, 13 had as causative agents “glassware, fiberglass, blade, except vial, bottle” and the most recurrent types of injuries were “excoriation and abrasion (superficial wound)” and “by cutting, laceration, blunt wound, puncture (open wound)”, both with 22% of occurrence, which generate work leave. Furthermore, the elaboration of Action Plans and application of the 5W2H Quality Management tool proved to be excellent tools for assessments regarding the minimization of environmental impacts and the control of accidents at work.

Keywords

Urban solid waste, Occupational safety, Occupational accidents, Environmental impacts, Risk management, Quality Management

Resumo

resumo: A heterogeneidade e o volume de resíduos sólidos urbanos gerados diariamente causam dificuldades no gerenciamento dos mesmos, o que ocasiona impactos ambientais, problemas de saúde e de segurança pública. Entre todas as atividades de gestão de resíduos, a coleta é uma das mais relevantes do ponto de vista ocupacional devido aos colaboradores estarem sujeitos a riscos físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes. Este artigo tem como objetivo instruir empresas a aplicarem ferramentas de gestão multidisciplinares que conciliem e sirvam de base para as tomadas de decisão relacionadas com a gestão operacional ambiental e de segurança do trabalho. Sendo assim, foram utilizadas as técnicas de Avaliação de Impactos Ambientais Ad Hoc e a ferramenta de Gestão de Risco APR para a identificação dos impactos ambientais gerados e dos riscos aos quais os colaboradores do ramo de coleta de resíduos sólidos urbanos são expostos, através da coleta de informações operacionais, ambientais e dados de segurança do trabalho, no ano de 2017, de empresas que atuam em 7 (sete) municípios do estado do Rio Grande do Sul. O relatório Ad Hoc mostrou que os aspectos ambientais águas superficiais, águas subterrâneas, solo, odor e poluição do ar, geram impactos ambientais negativos e irreversíveis. Para mais, a análise dos acidentes de trabalho, a identificação dos maiores agentes causadores dos acidentes de trabalho e da natureza das lesões, mostraram a alta frequência e gravidade dos mesmos. No total foram contabilizados 60 acidentes e todos ocorreram com coletores de lixo. Destes, 13 tiveram como agentes causadores “vidraria, fibra de vidro, lâmina, exceto frasco, garrafa” e as naturezas de lesões mais recorrentes foram por “escoriação e abrasão (ferimento superficial)” e “por corte, laceração, ferida contusa, punctura (ferida aberta)”, ambas com 22% de ocorrência, os quais geram afastamento do trabalho. Para mais, a elaboração de Planos de Ação e aplicação da ferramenta de Gestão de Qualidade 5W2H mostraram-se ótimas ferramentas para as avaliações referentes a minimização dos impactos ambientais e ao controle dos acidentes de trabalho.

Palavras-chave

Resíduos sólidos urbanos, Segurança do trabalho, Acidentes de trabalho, Impactos ambientais, Gestão de risco, Gestão de Qualidade

Referências

Aleluia J., Ferrão P. Characterization of urban waste management practices in developing Asian countries: a new analytical framework based on waste characteristics and urban dimension. Waste Management (New York, N.Y.). 2016;58:415-29.

Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. 2016.

ABNT NBR:14.280: Cadastro de acidente do trabalho - Procedimento e classificação. 2001.

ABNT NBR ISO/IEC 31010: Gestão de riscos — Técnicas para o processo de avaliação de riscos.. 2012.

ABNT NBR ISO NBR 9001: Sistemas de gestão de qualidade - Requisitos.. 2015.

Bernstad Saraiva A., Souza R. G., Valle R. A. B. Comparative lifecycle assessment of alternatives for waste management in Rio de Janeiro – Investigating the influence of an attributional or consequential approach. Waste Management (New York, N.Y.). 2017;68(^sSuppl C):701-10.

Lei nº 12.305, de 2 de Agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências.. 2010.

NR 15 – Atividades e Operações Insalubres.. 2014.

NR 4 - Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT. 2016.

NR 6 - Equipamentos de Proteção Individual – EPI. 2017.

Carra S. H. Z., Reichert G. A. Avaliação do ciclo de vida de resíduos sólidos urbanos: avaliação de dois cenários para o gerenciamento integrado de resíduos sólidos na cidade de Porto Alegre/RS. 2014.

Comberti L., Demichela M., Baldissone G. A combined approach for the analysis of large occupational accident databases to support accident-prevention decision making. Safety Science. 2018;106:191-202.

Cremonez F. E., Cremonez P. A., Feroldi M., Camargo M. P., Klajn F. F., Feiden A. Avaliação de impacto ambiental: metodologias aplicadas no Brasil. Revista Monografias Ambientais. 2014;13(5):3821-30.

Da Silva T. C. F., Santos M. B. G., Cocalo S. A., Rangel M. H., Da Cunha J. C. M. Análise preliminar de riscos em uma indústria metalúrgica. 2017.

De Cicco F., Fantazzini M. L. Tecnologias consagradas de gestão de riscos. 2003.

de Jesus Galdino S., Malysz S. T. Os riscos ocupacionais dos garis coletores de resíduos sólidos urbanos. Revista Percurso. 2016;8(2):187-205.

Deus R. M., Battistelle R. A. G., Silva G. H. R. Current and future environmental impact of household solid waste management scenarios for a region of Brazil: carbon dioxide and energy analysis. Journal of Cleaner Production. 2017;155(Pt 1):218-28.

Di Maria F., Micale C., Morettini E. Impact of the pre-collection phase at different intensities of source segregation of bio-waste: an Italian case study. Waste Management (New York, N.Y.). 2016;53:12-21.

AEAT InfoLogo: Base de dados históricos de acidentes de trabalho.. 2016.

AEAT InfoLogo - base de dados históricos de acidentes de trabalho: estatísticas de acidentes do trabalho. 2018.

Erses Yay A. S. Application of life cycle assessment (LCA) for municipal solid waste management: a case study of Sakarya. Journal of Cleaner Production. 2015;94:284-93.

Faria M. T. Ferramentas de gestão de riscos. 2011.

Herva M., Neto B., Roca E. Environmental assessment of the integrated municipal solid waste management system in Porto (Portugal). Journal of Cleaner Production. 2014;70:183-93.

Nunhes T. V., Motta Barbosa L. C. F., de Oliveira O. J. Identification and analysis of the elements and functions integrable in integrated management systems. Journal of Cleaner Production. 2017;142:3225-35.

Reichert G. A., Mendes C. A. B. Avaliação do ciclo de vida e apoio à decisão em gerenciamento integrado e sustentável de resíduos sólidos urbanos. Engenharia Sanitaria e Ambiental. 2014;19(3):301-13.

Ripa M., Fiorentino G., Vacca V., Ulgiati S. The relevance of site-specific data in Life Cycle Assessment (LCA). The case of the municipal solid waste management in the metropolitan city of Naples (Italy). Journal of Cleaner Production. 2017;142:445-60.

Silva F. F. D., Nagalli A., Dandolin C. S. L., Catai R. E. Análise de riscos dos trabalhadores da coleta de resíduos sólidos urbanos. 2016.

Stamm H. R. Método para avaliação de impacto ambiental (AIA) em projetos de grande porte: Estudo de caso de uma usina termelétrica. 2003.

Struk M. Distance and incentives matter: the separation of recyclable municipal waste. Resources, Conservation and Recycling. 2017;122:155-62.

Sukholthaman P., Sharp A. A system dynamics model to evaluate effects of source separation of municipal solid waste management: A case of Bangkok, Thailand. Waste Management (New York, N.Y.). 2016;52:50-61.

607188eaa9539555f2645675 gp Articles

Gest. Prod.

Share this page
Page Sections