Gestão & Produção
https://gestaoeproducao.com/article/doi/10.1590/1806-9649-2021v28e5120
Gestão & Produção
Artigo Original

Economic, social and environmental aspects of the sustainability of a construction waste recycling plant

Eduardo Madeira Brum; Adalberto Pandolfo; Ritielli Berticelli; Rosa Maria Locatelli Kalil; Pamela Bia Pasquali

Downloads: 0
Views: 66

Abstract

Abstract:: The civil construction industry has great prominence in the national economy, however, the sector is responsible for generating a large amount of Construction Waste (CW). The CW recycling plants present technological solutions that aim to minimize the environmental impact caused by the inadequate disposal of the CW, and that the generated material is no longer a problem and becomes a sustainable outlet for the scarcity of natural resources. This article analysed the economic, social and environmental aspects of an CW recycling plant, situated in Passo Fundo / RS. As a result, the quantification and classification of waste sent to the CW recycling plant was obtained from March to December 2016. An economic evaluation of the plant was carried out based on the comparison of the economic decision criteria between the Minimum Acceptable Rate of Return (MARR) and Internal Rate of Return (IRR). Subsequently, social aspects were evaluated, such as the profiles of employees, their salaries and issues related to health and safety, education and training. When assessing the environmental aspect of the CW recycling plant, the composition, the separation process employed and the way in which these residues were used were determined. The conclusions demonstrated that the company is economically viable since the IRR was higher than the MARR. In the social assessment, the employment opportunity for different genres stands out and regarding the environmental question, the ability to reuse civil construction waste in 97.98% of the material received.

Keywords

Construction waste, Construction waste recycling plant, Economic, social and environmental analysis

Referências

Almeida, J., Rosa, F. D., Pandolfo, A., Berticelli, R., Brum, E. M., & Martins, M. S. (2018). Estudo de viabilidade econômica do uso do agregado de RCD em pavimentação de vias urbanas. Revista de Engenharia Civil, 54, 16-25.

Baptista, J. V., Jr., & Romanel, C. (2013). Sustentabilidade na indústria da construção: uma logística para reciclagem dos resíduos de pequenas obras. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 5(2), 27-37. http://dx.doi.org/10.7213/urbe.05.002.SE02.

Barbosa, J. (2012). Destinação dos resíduos sólidos de construção e demolição do Município de Passo Fundo- RS: Desafios e Perspectivas (Tese de graduação). Universidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. 63 p.

Bohne, R. A., Brattebø, H., & Bergsdal, H. (2009). Dynamic eco-efficient projections for construction and demolition waste recycling strategies at the city level. Journal of Industrial Ecology, 12(1), 52-60. http://dx.doi.org/10.1111/j.1530-9290.2008.00013.x.

Brasil. (2010, 2 de agosto). Lei nº 12.305 de 2 de Agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Retrieved in 2016, September 10, from http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente (2002, 5 de julho). Resolução nº 307, de 05 de julho de 2002. Alterada pelas Resoluções nº 348, de 2004, nº 431, de 2011 e nº 448, de 2012. Dispõe sobre gestão dos Resíduos da Construção Civil. Brasília, DF: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Retrieved on 2016, September 3, from http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre. cfm?codlegi=307

Global Reporting Initiative (2007) - Sustainability Reporting Guidelines on Economic, Environmental and Social Performance – Global Reporting Initiative. Amsterdam. 51 p. Retrieved in 2016, September, 12, from http://www.esb-netvaerk.dk/images/pdf/deloitte%20g3_guidelinesenu.pdf.

Halmeman, M. C. R., Souza, P. C., & Casarin, A. N. (2009). Caracterização dos resíduos de construção e demolição na unidade de recebimento de resíduos sólidos no município de Campo Mourão – PR. Revista Tecnológica. Edição Especial ENTECA, 2009, 203-209.

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. (2003). Guia de Elaboração do Balanço Social. São Paulo: ETHOS.

John, V. M. (2000). Reciclagem de resíduos na construção civil: contribuição à metodologia de pesquisa e desenvolvimento (Tese - Livre-Docência em Engenharia Civil). Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. 120 p.

Miranda, L. F. R., Levi, T., Vogt, V., Brocardo, F. L. M., & Bartoli, H. (2016). Panorama atual do setor de reciclagem de resíduos de construção e demolição no Brasil. In Anais do XVI Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. São Paulo/SP: ENTAC.

Moraes, N. C., & Henkes, J. A. (2013). Avaliação do programa de gerenciamento de resíduos da construção civil e demolição, no município de Caçapava-SP. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, 2(1), 113-134. http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v2e12013113-134.

Paschoalin, J. A., Fo. & Duarte, E. B. L. (2015). Caracterização e destinação dos resíduos de construção gerados a construção de um edifício comercial localizado na cidade de São Paulo. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, 3(2), 223-246. http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v3e22014223-246.

Passo Fundo (2013, 03 de janeiro). Lei nº 4.969, de 03 de janeiro de 2013. Institui a Política Municipal de Resíduos Sólidos de Passo Fundo e dá outras providências. Retrieved on August, 10th 2016, from http://pmpf.rs.gov.br/index.php?p=1145&a=1&pm=1&ifr=1.

Passo Fundo. Prefeitura Municipal. (2016). Fundação Passo Fundo/RS de Turismo. Retrieved on October, 2nd 2016, de http://www.pmpf.rs.gov.br/secao.php?t=11&p=325

Pinto, T. P., & Gonzáles, J. L. R. (2005). Manejo e gestão dos resíduos da construção civil. Volume 1 – Manual de orientação: como implementar um sistema de manejo e gestão nos municípios. Brasília: CAIXA. 194 p.

Rocha, M. P. (2012). Proposta de indicadores de sustentabilidade na gestão de resíduos de construção e demolição (Dissertação de mestrado). Departamento de Engenharia Civil, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto, Portugal.

Silva, V. A., & Teixeira Fernandes, A. L. (2012). Cenário do gerenciamento dos resíduos da construção e demolição (RCD) em Uberaba-MG. Sociedade & Natureza, 24(2), 333-334.

Zanutto, T. D. (2012). Diagnóstico para subsidiar a gestão de resíduos da construção civil na cidade de São Carlos – SP (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, Universidade de São Carlos, São Carlos, Brasil. .
 

6113d5eea953954072425202 gp Articles

Gest. Prod.

Share this page
Page Sections