Gestão & Produção
https://gestaoeproducao.com/article/doi/10.1590/0104-530x3945-19
Gestão & Produção
Artigo Original

Application of statistical analysis to improve time management of a process modeling project

Aplicação de análises estatísticas para melhoria do gerenciamento do tempo de um projeto de mapeamento de processos

Mariana Mello Pereira; Luiza Lavocat Galvão de Almeida Coelho; Gladston Luiz da Silva; Yanne Souza Alves Cunha

Downloads: 0
Views: 12

Abstract

Abstract This work was the result of a cooperation agreement between the University of Brasilia (UnB) and a security organization. Its goal was to model the logistic processes of the company to assist in the modernization of a control system for the management of materials. The project was managed in a dynamic model, through the monitoring and control of activities executed during its various stages. The development of a control system enabled the detection of discrepancies between what was planned and how it was performed, identifying its causes and which actions to take to ensure that the project got back on track according to the planned schedule and budget. The main objective of this article was to identify which elements controlled by the project affected its execution time. With that knowledge, it was possible to improve the planning of the next phases of the project. To this end, we performed a case study of exploratory aspect and quantitative nature to provide information on the object and guide the formulation of hypotheses. The qualitative analysis of the execution time of the modeling identified two dependent variables - systematic version and team - out of the four evaluated. The quantitative analysis studied two variables - number of modifications and number of elements -, which did not indicate evidence of correlation with the aforementioned time.

Keywords

Project management, Time management, Test of independence, Test of correlation, Process modeling

Resumo

Resumo Este trabalho decorreu de um termo de cooperação firmado entre a Universidade de Brasília (UnB) e uma organização de segurança, cujo objetivo foi o mapeamento de seus processos logísticos, realizado com o intuito de amparar a modernização de um sistema de controle gerencial de materiais. O projeto foi gerenciado num formato dinâmico, mediante o monitoramento e controle das atividades executadas no decorrer de suas diversas fases. Foi desenvolvido um sistema de controle que permitiu encontrar as discrepâncias entre o planejado e o realizado, identificar as suas causas e agir para que o projeto retornasse ao seu curso no prazo e nos valores planejados. Este artigo teve como principal objetivo identificar quais os elementos controlados pelo projeto impactaram em seu tempo de realização para a melhoria no planejamento das fases seguintes do projeto. Neste sentido, foi realizado um estudo de caso de cunho exploratório e natureza quantitativa com o objetivo de oferecer informações sobre o objeto e orientar a formulação de hipóteses. As análises qualitativas identificaram a dependência de duas variáveis - versão da sistemática e equipe - com o tempo de realização dos mapeamentos entre as quatro variáveis analisadas. Já as análises quantitativas abordaram duas variáveis - número de alterações e número de elementos -, que não indicaram evidência de correlação com o referido tempo.

Palavras-chave

Gerenciamento de projetos, Gestão do tempo, Teste de independência, Teste de correlação, Mapeamento de processos

Referências

Alencar L. H., Almeida A. T., Mota C. M. M. Sistemática proposta para seleção de fornecedores em gestão de projetos. Gestão & Produção. 2007;14(3):477-87.

Bomfin D. F., Nunes P. C. A., Hastenreiter F. Gerenciamento de projetos segundo o guia PMBOK: desafios para os gestores. Revista de Gestão e Projetos. 2012;3(3):58-87.

Bussab W. O., Morettin P. A. Estatística básica. 2013.

Candido R., Gnoatto A., Caldana C., Setti D., Spanhol F., Schutz F., Carvalho H., Oliveira J., Kachba Y. Gerenciamento de projetos. 2012.

Casella G., Berger R. L. Inferência estatística. 2010.

Cervo A. L., Bervian P. A., Silva R. Metodologia científica. 2007.

Duffy M. G. Gestão de projetos: soluções práticas para os desafios do trabalho. 2006.

Duffy M. G. Managing projects: expert solutions to everyday challenges. 2008.

Eisenhardt K. Building theories from case study research. Academy of Management Review. 1989;14(14):532-50.

Fonseca S. U. L. Benefícios da adoção do modelo PMBOK no desenvolvimento e implantação do projeto de tecnologia da informação de um operador logístico: um estudo de caso da Word Cargo. 2006.

George A., Bennett G. Case studies and theory development in the social sciences. 2005.

Giacometti R. A., Silva C. E. S., Souza H. J. C., Marins F. A. S., Silva E. R. S. Aplicação do earned value em projetos complexos: um estudo de caso na EMBRAER. Gestão & Produção. 2007;14(3):595-607.

Gonçalves H. A. Manual de artigos científicos. 2014.

Heldman K. Gerência de projetos: fundamentos: um guia prático para quem quer certificação em gerência de projetos. 2005.

Jordão R. V. D., Pelegrini F. G., Jordão A. C. T., Jeunon E. E. Fatores críticos na gestão de projetos: um estudo de caso numa grande empresa latino-americana de classe mundial. Gestão & Produção. 2015;22(2):280-94.

Jugend D., Barbalho S. C. M., Silva S. L. Gestão de projetos: teoria, prática e tendências. 2014.

Kerzner H. Gestão de projetos: as melhores práticas. 2006.

Kerzner H. Gestão de projetos: as melhores práticas. 2010.

Kerzner H., Saladis F. P. Gerenciamento de projetos orientado por valor. 2011.

Lee S. H., Peña-Mora F., Park M. Dynamic planning and control methodology for strategic and operational construction project management. Automation in Construction. 2005;15(1):84-97.

Lewis J. P. Como gerenciar projetos com eficácia. 2000.

Marques Jr. L. J., Plonski G. A. Gestão de projetos em empresas no Brasil: abordagem “tamanho único”?. Gestão e Produção. 2011;18(1):1-12.

Padilha T. C. C., Costa A. F. B., Contador J. L., Marins F. A. S. Tempo de implantação de sistemas ERP: análise da influência de fatores e aplicação de técnicas de gerenciamento de projetos. Gestão & Produção. 2004;11(1):65-74.

Um guia do conhecimento em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK). 2013.

What is project management?. 2016.

Slack N., Johnston R., Chambers S. Administração da produção. 2009.

Terribili Fo. A. Os 8 porquês dos atrasos nos projetos. 2011.

Terribili Fo. A. Os cinco problemas mais frequentes nos projetos das organizações no Brasil: uma análise crítica. Revista de Gestão e Projetos. 2013;4(2):213-37.

Vargas R. V. Gerenciamento de projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. 2005.

Yin R. Case study research: design and methods. 1984.

5dde83060e882575027b23c6 gp Articles
Links & Downloads

Gest. Prod.

Share this page
Page Sections